Com quase 11 milhões de consumidores, a Neoenergia é o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro. Hoje composta pela Coelba (Bahia), Celpe (Pernambuco) e Cosern (Rio Grande do Norte), o grupo não se limita somente a distribuição de energia, atuando na geração, transmissão e comercialização de energia com ênfase especial no segmento de energias renováveis em mais de 12 Estados.

Na busca de renovação tecnológica para seu MDM (Meter Data Management) e MDC (Meter Data Collection) a Neoenergia foi ao mercado em 2014 a procura de uma nova plataforma para substituir o seu Sistema de Medição de Faturamento (SMF). O objetivo era uma solução que se comunicasse com o parque de medição de Fronteira e Operacionais independentemente do tipo de comunicação e medidor utilizadas e agregasse novas funcionalidades aderentes ao processo de gestão da medição.

Com a oferta de uma solução  independente de hardware, 100% web, que atende as exigências de medição da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), mitiga os riscos de penalidades e realiza a telemedição das subestações de distribuição visando a consolidação de balanços energéticos para gestão de perdas, o PIM (Plataforma Integrada de Medição) da Way2 foi contratado pelo grupo Neoenergia.

Dentre as funcionalidades que compõem o sistema, destaca-se:

  • Alarme de carregamento de transformadores: Auxilia no controle do carregamento dos equipamentos, evitando assim, sobrecarga excessiva e consequente troca prematura de equipamentos ou até mesmo a queima dos mesmos. Ainda possui a opção de envio de alerta por email, para uma ação mais rápida.
  • Relatório de Perdas Medidas: Ferramenta de cálculo das perdas no Sistema de Distribuição em Alta Tensão levando-se em conta as mudanças de topologia do sistema, ou seja, as posições dos disjuntores/religadores.
  • Comparação de Medidas Consolidadas SCDE: É possível comparar os dados que foram consolidados no sistema da CCEE com os dados telemedidos do PIM, calculando-se a discrepância entre os valores e apresentando para o usuário.
  • Analítico de Alarmes: Ferramenta com características de OLAP que permite fazer análises a partir dos alarmes gerados no sistema, através de uma contagem dos mesmos e agrupando-os por diversas características, como: Região, Nível de Tensão, Tipo de Ligação entre outros.
  • Relatório Comparativo de energia com Curva Típica: É possível analisar a energia ativa de um determinado período (por exemplo todas as segundas feiras de janeiro), comparando-a com uma curva de energia típica calculada com base no período selecionado, possibilitando o usuário encontrar eventos “atípicos” de forma gráfica.