Way2Blog

Tudo sobre gestão de energia e o setor elétrico!

Por Greyci Girardi, Redatora da Way2 | 22 outubro, 2019 | 0 Comentário(s)

Como funciona o Mercado Livre de Energia?

O Mercado Livre de Energia é o ambiente em que os agentes negociam livremente as condições de suas transações: que volume de energia querem comprar, quem irá fornecer, que preço estão dispostos a pagar, qual será o prazo de fornecimento e que índices serão aplicados nos reajustes contratuais.

Sem tempo para ler o artigo? Ouça aqui:

mercado livre de energia como funciona

Cerca de 30% de toda a energia consumida no Brasil vem do Mercado Livre de Energia. Se falarmos especificamente do consumo industrial, a fatia é ainda maior, superando 80% da energia consumida pelas indústrias no país. Já são mais de seis mil agentes livres e esse número tende a crescer.

Tratativas em andamento no setor elétrico buscam uma abertura maior desse ambiente de negócios, tornando-o mais acessível a diferentes tipos de consumidores em um futuro breve.

Mercado Livre de Energia: como funciona?

monitoramento dos dados de energia tem um importante papel nos resultados que o Mercado Livre de Energia pode representar para a redução dos custos operacionais em uma empresa. Já no início do processo, quando uma organização avalia a conveniência de fazer a migração, é fundamental ter um perfil de consumo mapeado, que demonstre a viabilidade econômica de trocar o Mercado Cativo pelo Mercado Livre de Energia.

Nesse momento, faz toda a diferença ter um histórico de dados confiáveis sobre o consumo, que permita projeções e cenários que poderão respaldar a decisão de migrar ou não. Pode-se, por exemplo, simular os gastos com energia nos dois modelos, para comparar a despesa nos dois ambientes. A decisão precisa ser tomada de maneira segura, já que, após a migração, a distribuidora pode estipular um prazo de até cinco anos para que a empresa volte ao mercado regulado.

E mesmo depois que a migração se mostrar uma decisão acertada, deve-se manter atenção permanente ao consumo para também ser assertivo na negociação dos contratos no Mercado Livre de Energia. É conhecendo bem o perfil do negócio que se torna possível prever o volume de energia a ser contratado e as condições em que essa compra são benéficas, considerando as peculiaridades de cada negócio e a sazonalidade das operações.

Além de ajudar nas previsões de consumo, o monitoramento permite identificar, antecipadamente, cenários de sub ou sobrecontratação. A coleta de dados ao longo do mês resulta em uma projeção do consumo total do período muito mais assertiva.

Assim, é possível apontar uma eventual subcontratação (quando o consumo projetado fica acima daquele contratado) e, com isso, a exposição ao Mercado de Curto Prazo, que pode ter preços muito maiores do que os negociados em contrato. A subcontratação sujeita o consumidor ainda a penalidades da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Com uma projeção mais assertiva, o gestor tem poder de decisão e pode buscar uma contratação vantajosa do volume de energia faltante, a um preço menor que o do PLD.

A sobrecontratação, outro risco decorrente de previsões inadequadas (o consumo projetado, nesse caso, se mostra inferior ao contratado) também pode ser apontada pelo monitoramento, como dito, favorecendo uma tomada de decisão estratégica, como a venda desse excedente de energia em condições favoráveis.

Quais as vantagens do Mercado Livre de Energia?

O Mercado Livre de Energia é um ambiente de negócios como qualquer outro. Desde que a regulamentação do setor seja respeitada, todos os demais aspectos da compra e venda de energia são negociados livremente e podem ser adequados ao perfil de consumo e às necessidades de cada negócio.

A primeira vantagem desse mercado é que a liberdade na negociação obviamente traz consigo a possibilidade de obter preços mais baixos do que as tarifas praticadas no Mercado Cativo. Pagando menos pela energia, os agentes reduzem seus custos operacionais e se tornam mais competitivos. A redução será ainda maior para os agentes que forem estratégicos na definição de suas condições contratuais. O poder de decisão, aliás, é mais uma grande vantagem do Mercado Livre de Energia.

Outro benefício é a previsibilidade financeira. Uma das grandes queixas em relação ao Mercado Cativo é justamente as oscilações tarifárias. Ao negociar um contrato no Mercado Livre, o consumidor sabe exatamente quanto pagará pela energia dentro do prazo estipulado em contrato. Não há surpresas. O planejamento financeiro é mais preciso e dessa forma é mais fácil gerenciar recursos.

Há ainda outros benefícios, mas para que o Mercado Livre represente de fato uma alternativa estratégica nos negócios, alguns cuidados também são importantes. O monitoramento do consumo de energia é um deles.

Outros benefícios do Ambiente de Contratação Livre

O monitoramento do consumo de energia, como visto, é uma ferramenta poderosa quando se trata de fazer com que o Mercado Livre de Energia seja um cenário promissor na redução dos custos com energia. Os dados do consumo fazem a diferença tanto na hora de decidir pela migração, quanto no momento de negociar os contratos como agente livre.

E a boa notícia é que monitorar de forma eficiente o consumo de energia não tem seus benefícios limitados a uma boa gestão de contratos. O monitoramento inteligente traz uma série de outras vantagens que respaldam a gestão de energia nos negócios, favorecem a eficiência energética e alavancam resultados.

Quando feito em tempo real, permite que gestores possam, de forma permanente, identificar gargalos operacionais e potenciais de economia. Além disso, possibilita detectar, em tempo integral, anomalias e desvios que demandam ação corretiva para evitar penalidades e outros prejuízos.

O monitoramento fornece parâmetros confiáveis para a tomada de decisões e, quando seus dados são usados de forma inteligente, orienta a melhoria contínua de processos em uma organização, abrindo caminhos para uma gestão mais eficiente.

como migrar para o mercado livre de energia

Deixe seu comentário!

Assine nosso blog ;)

Mantenha-se atualizado sobre o que está acontecendo quando o assunto é energia