Way2Blog

Tudo sobre gestão de energia e o setor elétrico!

Por Greyci Girardi, Redatora da Way2 | 25 setembro, 2019 | 0 Comentário(s)

Por que monitorar o consumo de energia elétrica?

Monitorar o consumo de energia elétrica, de forma contínua e sistematizada, facilita a gestão e permite uma tomada de decisão mais segura em direção à eficiência energética e à redução de custos.

Sem tempo para ler o artigo? Ouça aqui:

monitoramento de energia

É comum empresas acreditarem que monitoram o consumo de energia em seus negócios simplesmente porque controlam suas contas no mês a mês. Mas o fato é que poucas empresas realmente monitoram o uso de energia nas suas instalações de forma adequada.

Algumas empresas até já buscam informações mais abrangentes do que aquelas trazidas nas faturas, mas acabam dependendo de processos ineficientes como solicitar o envio dos dados históricos em posse das concessionárias ou realizar campanhas esporádicas de leituras em campo. Dessa forma, não há uma garantia de confiabilidade e organização dos dados, o que dificulta a construção de um perfil de consumo que permita o uso inteligente dessas informações.

Organizações que buscam de forma efetiva fazer gestão da energia sabem que é preciso ir além para alcançar eficiência energética e redução de custos. Otimizar processos para torná-los mais eficientes e rentáveis envolve controlar o consumo de forma sistemática e orientada ao resultado. O monitoramento contínuo da energia, baseado na leitura remota dos dados de consumo, é uma solução que simplifica o processo de gestão, ao mesmo tempo em que potencializa os seus ganhos.

O que significa monitorar consumo de energia elétrica?

O monitoramento do consumo de energia é a ação automatizada de registrar e processar os dados do consumo em tempo integral e no momento em que ele ocorre, ou muito próximo dele. É uma solução que permite aos gestores saber, a todo tempo, como o consumo de energia está se comportando e quais unidades, setores, processos e equipamentos em suas organizações estão consumindo mais.

Além disso, e talvez o mais importante, permite que os gestores identifiquem a todo tempo onde estão os gargalos que impedem melhores resultados e onde estão os potenciais de economia que devem ser aproveitados.

Como isso é possível? Com tecnologia. A integração de hardware e softwares especializados, juntamente com sensores de medição, conectividade e inteligência computacional, possibilita esse monitoramento, facilitando a visualização e a análise de informações e formando um banco de dados robusto sobre o consumo de energia em uma organização.

Por meio da leitura remota dos medidores (hardware), os dados de consumo são coletados e transmitidos para uma plataforma de gestão (software), onde são processados e armazenados. As plataformas de gestão, por sua vez, transformam esses dados em indicadores confiáveis e reveladores sobre o perfil de consumo de uma empresa, facilitando a tomada de decisões.

É possível monitorar o consumo de energia em tempo real?

Você deve estar se perguntando se o controle mais detalhado e analítico das faturas de energia não seria suficiente para alcançar os resultados que o monitoramento em tempo real pode oferecer. A resposta é não.

O motivo principal para se monitorar continuamente os parâmetros elétricos de uma unidade consumidora é ter a vantagem de saber, em tempo hábil, quais são as ineficiências e os desvios que estejam ocorrendo, para que as providências sejam mais efetivas e possam mitigar, ou mesmo evitar por completo, prejuízos financeiros.

Essa tomada de decisão em tempo hábil não é uma garantia quando se faz o acompanhamento do consumo unicamente por meio das faturas ou da análise esporádica de dados de medição. Você pode tomar conhecimento de desvios e falhas quando já for tarde demais para evitar o prejuízo.

Benefícios do monitoramento de energia

O monitoramento do consumo de energia elétrica oferece uma série de outras funcionalidades e benefícios que possibilitam o uso inteligente de dados para uma gestão mais eficiente. Por exemplo:

  • Acesso em tempo real aos dados de consumo, demanda e fator de potência das unidades monitoradas por meio de dashboards interativos e customizáveis, que facilitam a interpretação dos dados e a tomada de decisão;
  • Projeções de consumo e simulação de faturas de energia em diferentes modelos contratuais e enquadramentos tarifários, permitindo escolhas mais seguras, baseadas em parâmetros confiáveis sobre o perfil de consumo da organização;
  • Identificação e diagnóstico de desvios do consumo em relação às curvas típicas para diferentes períodos;
  • Medições segmentadas por lojas, setores e equipamentos, permitindo a detecção de desperdício de energia em processos específicos;
  • Sistemas de alertas e notificações automáticas, enviadas por e-mail, sinalizando, em tempo integral, anomalias e falhas que demandam intervenção;
  • Geração de e-mails automáticos com relatórios semanais e mensais sobre o consumo de energia das unidades;
  • Acompanhamento da estimativa de economia gerada por projetos de eficiência.

Alguns exemplos facilitam a compreensão de como o monitoramento em tempo real e suas funcionalidades agregadas são um importante recurso para a tomada de decisões na gestão de energia.

Simulação de cenários para escolhas mais assertivas

A capacidade de simular diferentes cenários de consumo permite, por exemplo, avaliar o melhor enquadramento tarifário, pois um gestor pode projetar seus custos no modelo verde e no azul e identificar a estrutura mais vantajosa para o seu perfil.

Essas mesmas simulações podem ajudar ainda no correto dimensionamento da demanda contratada, evitando pagar penalidades por ultrapassagem, devido a um subdimensionamento, ou o pagamento de uma demanda não utilizada, no caso de um superdimensionamento.

Ambos os prejuízos são completamente evitáveis quando se faz uma boa gestão da energia. Simulações podem subsidiar também a análise da viabilidade econômica de migração para o Mercado Livre de Energia e, após a migração, a definição das condições contratuais mais vantajosas.

Medições setorizadas para otimização de recursos

A análise detalhada do perfil de carga de uma empresa permite a verificação da potência dos equipamentos utilizados e a identificação daqueles ineficientes ou obsoletos, indicando a necessidade de substituição ou modernização de infraestrutura.

Essa mesma análise possibilita intervir na programação de uso dos equipamentos para deslocar cargas e assim reduzir picos de demanda, ou eliminar desperdícios sempre que desvios de consumo forem observados. O nível de detalhamento trazido pelo monitoramento respalda ainda decisões de escalonamento e de programação da produção que otimizam a performance energética.

medição setorizada de energia

Uso inteligente de dados: matéria-prima para uma gestão de energia eficiente

Plataformas de gestão de energia que permitem o monitoramento contínuo dos parâmetros elétricos de uma unidade consumidora foram uma solução trazida pela tecnologia para que empresas não se limitem a ter apenas dados mensais extraídos manualmente das faturas de energia.

Essas ferramentas fizeram com que fosse possível ter amplo acesso aos dados de medição e transformaram esses dados em algo útil: indicadores e parâmetros confiáveis para decidir modelos contratuais, readequação de processos e infraestrutura, mudanças procedimentais e investimentos em geral.

Medir o consumo de energia e acompanhar os dados de medição de forma contínua e direcionada ao resultado é preponderante para as empresas que querem alcançar níveis mais avançados de gestão. O monitoramento de energia mostra-se, cada vez mais, a base de todo o processo de gestão, pois é ele quem dá aos gestores a principal matéria-prima do seu trabalho: a informação.

Com dados confiáveis e com o suporte da tecnologia para traçar metas estratégicas e alcançá-las com mais facilidade, gestores precisam apenas agir. As ferramentas necessárias a uma gestão eficiente, a tecnologia já garantiu.

gestão de energia

Deixe seu comentário!

Assine a Way2News

Saiba o que está acontecendo quando o assunto é energia e tecnologia