Way2Blog

Tudo sobre gestão de energia e o setor elétrico!

Por Bianca Escrich, redatora na Way2 | 27 outubro, 2020 | 0 Comentário(s)

Saiba como o Posto Leival identificou picos de demanda de energia com a PowerHub

A partir do uso efetivo da tecnologia, a empresa passou a ter maior visibilidade da potência dos seus equipamentos. Iniciativa que permitiu identificar o seu perfil de carga, assim como diagnosticar picos de demanda de energia, tornando-a mais competitiva e produtiva.

Sem tempo para ler o artigo? Ouça aqui:

powerhub

A gestão eficiente de demanda de energia costuma ser uma das maiores preocupações de grandes consumidores. Isso porque, a despesa com energia elétrica representa um dos principais custos em supermercados e redes varejistas, por exemplo. Por isso, adotar estratégias para promover o consumo consciente de energia e reduzir custos, evitando desperdícios, bem como realizando o controle efetivo dos custos com energia elétrica e demanda contratada de energia, tornam-se essenciais em qualquer segmento de atuação. 

É possível determinar as melhores estratégias de acordo com o perfil de cada negócio, a partir da gestão de energia que permite a identificação de ineficiências e oportunidades de melhorias operacionais. Para otimizar a gestão e monitoramento de energia, o Posto Leival, da Rede de Postos VB, em Sergipe, contratou a PowerHub, plataforma de gerenciamento de energia que auxiliou no entendimento do perfil de demanda no uso dos compressores GNV. 

A partir do uso efetivo da tecnologia, a empresa passou a ter maior visibilidade da potência dos seus equipamentos. Iniciativa que permitiu identificar o seu perfil de carga, assim como diagnosticar picos de demanda de energia analisando fator de potência. Ao contratar o software de gerenciamento de energia PowerHub para analisar o perfil de carga do empreendimento, foi possível detectar picos de demandas causados pelo compressor do GNV, considerada a carga mais pesada da unidade.

Por que promover uma gestão de energia mais eficiente?

A demanda contratada de energia mensura quantidade de potência consumida da rede de energia a cada instante de funcionamento e essa medida é dada em quilowatts (kW). A demanda de energia máxima de uma empresa será a soma total das potências máximas de todas as máquinas a cada instante de funcionamento, como motores, aquecedores, refrigeradores, lâmpadas, e demais equipamentos elétricos instalados.

O perfil de consumo é estabelecido de acordo com a demanda contratada, que representa a média das potências elétricas ativas ou reativas solicitadas ao sistema elétrico pela parcela da carga instalada em operação na unidade consumidora, expressa em quilowatts (kW) e quilovolt-ampère-reativo (kVAr), respectivamente.

Para garantir que o consumidor irá operar dentro do limite contratado, evitando assim, a sobrecarga no sistema, é aplicada uma penalização em caso de ultrapassagem da demanda contratada de energia. A cobrança adicional é aplicada às empresas que fazem uso excessivo da energia reativa gerada por equipamentos como motores mal dimensionados. Para identificar os potenciais de economia de energia nas empresas, é importante monitorar o comportamento de consumo e demanda. Esse acompanhamento pode ser feito com auxílio de uma solução em gestão de energia.

energia reativa excedente

Por esse motivo, é essencial gerenciar a demanda contratada de energia para assegurar a eficiência energética da operação e evitar  multas que podem incidir na fatura de energia da empresa e aumentar os custos com esse importante insumo. Portanto, para evitar gastos extras, é importante realizar o monitoramento constante da demanda contratada de energia. Caso a empresa constate que está consumindo mais do que a demanda de energia contratada, pode solicitar alteração.

Como a Rede VB identificou problemas no fator de potência

A análise do perfil de carga, a partir do monitoramento de demanda de energia, permitiu ao cliente observar ineficiências do banco de capacitores. Ficou evidente que o fator de potência estava transgredindo os limites, pois operava praticamente durante todo o dia “produtivo” e de forma contínua. 

Com a manutenção realizada dos componentes do banco de capacitores que, teoricamente corrigiria esse comportamento, o posto Leival e a equipe da PowerHub habilitaram os alertas de baixo fator de potência para monitorar os registros mais de perto. Logo após a manutenção, a equipe da PowerHub acionou o cliente por transgressões capacitivas do fator de potência, pois as cargas da unidade estavam desligadas, mas o banco de capacitores ficou ativo, resultando no impacto negativo no fator de potência.

A solução foi adicionar aos processos de abertura e fechamento da unidade o acionamento e desligamento do banco de capacitores. Lembrando que durante a madrugada (que inicia 3h depois do término do horário de ponta) a concessionária desse cliente penaliza apenas o excedente reativo capacitivo ao contrário dos demais horários, em que o impacto indutivo resulta em penalidade na fatura de energia.

No período de um mês, o posto Leival conseguiu aplicar todas essas melhorias apenas analisando o perfil de carga. Agora, com um período maior de dados da telemetria e do monitoramento de dados do posto Leival, o gestor e o time da PowerHub conseguem testar algumas estratégias diferentes nas operações de abertura e fechamento do posto, a fim de estudar o comportamento e perfil de demanda e consumo.

Com a ferramenta Perfil Calendário, tornou-se viável comparar o padrão da potência ao longo do dia com o período de start das máquinas, identificando que os picos estavam em média 30% maiores em relação ao restante do dia.

Com uso efetivo da PowerHub, também foi possível analisar a alteração do processo de partida do compressor, entendendo melhor o seu funcionamento e contornando essa necessidade do pico, ou até mesmo a instalação de um inversor.

perfil calendário powerhub

Funcionalidades da PowerHub para gerenciamento de energia elétrica

Por meio da solução de gestão de energia, é possível obter dados de energia em tempo real de todas as suas unidades consumidoras. Confira as principais funcionalidades do software PowerHub: 

  • Calcular a demanda de energia elétrica com facilidade;
  • Prever consumo diário, semanal e mensal com projeções;
  • Identificar desvios e ser notificado sobre as ocorrências;
  • Utilizar os dados dos relatórios e dashboards personalizados para implantar projetos de eficiência energética e ISO 50001;
  • Antecipar dados de consumo para gestão energética no mercado livre e comparar com as medições consolidadas do SCDE;
  • Acompanhar o rateio de energia na sua operação, com medições nos setores, linhas de produção ou circuitos críticos da sua empresa.

O uso de um software de gestão de energia permite que a empresa consiga identificar o seu perfil de consumo e carga, fator que auxilia o diagnóstico de um projeto de eficiência energética, seja em empresas ou indústrias, permitindo ainda o monitoramento para o acompanhamento contínuo das ações de melhorias operacionais.

Conheça a PowerHub, plataforma que facilita a gestão de energia com tecnologia.

powerhub

Deixe seu comentário!

Assine nosso blog ;)

Mantenha-se atualizado sobre o que está acontecendo quando o assunto é energia